o método de doman para o zé maria

É um método polémico porque é intenso de aplicar, há até quem diga que destrói casamentos. Há imensas ideias pré-concebidas sobre a coisa mas a verdade é que ao mesmo tempo não há nenhuma razão para não acreditar e os casos de sucesso existem, imensos.

Não somos de acreditar em tudo o que nos dizem e por isso fomos ver a fundo. É feito à medida de cada criança e fizeram um para o zm. Este é só para ele, não vale copiar.

Acham-no bem a nível geral mas atrasado a nível motor, não por não andar mas essencialmente por ter pouca resistência física. O método dá imensa importância à componente física, porque trabalha e oxigena o cérebro, concordo. Por isso estabelecem metas/objectivos que ele tem de cumprir por dia nesse campo para ficar em forma física, gatinhar 200m/dia, fazer elevações de segundos (ficar pendurado numa barra no caso dele), brincar em baloiço e plataformas não estáveis, tudo pela mesma razão: resistência física e coordenação mental para executar a mesma. Concordo.

Depois teve direito a um programa de leitura, não para ler já mas para falar. O programa de leitura tem como objectivo dar-lhe conteúdos para ele poder falar e mais tarde ler, funciona mostrando-lhe palavras, numas barras grandes com contraste, não é objectivo que as leia mas que as oiça rapidamente ao mesmo tempo que as vê passar. lusco-fusco. 5 de cada vez num total de 200 palavras, escolhidas por nós para ele.

Depois tem a componente de estimulação sensorial que serve para estimular o cérebro e mais uma vez o tornar mais desperto para o mundo, tacto, audição e visão, todos sabemos o que é cada um deles, estes exercícios acabam por ser  tipo: ouvir cinco sons diferentes durante o dia, duas vezes cada, mudamos os sons a cada três dias. não tem nada de extraordinário, nada que já não fizéssemos aqui ou ali instintivamente, repete-se muitas vezes ao dia e isso é o difícil da coisa.

Depois tem a padronização, que é o mais difícil de explicar mas vou tentar. Tem como objectivo ensinar ao cérebro padrões de movimentos certos para que depois ele sozinho os escola. no caso so zé é o padrão cruzado pernas braços, é feito por 3 pessoas e o movimento é rodar a cabeça e esticar ou encolher os pés como se tivesse a "gatinhar espalmado", deitado numa mesa. Dito assim parece quase violento mas nao tem  nada disso, faz lembrar aquelas brincadeiras que fazíamos em crianças de tentar fazer um movimento com uma mão e outro com outra, tantas vezes que conseguíamos, ou não.

E pronto, é isto, vezes 100 vezes ao dia dividido pelos exercícios, 3 horas de trabalho diário. 3 horas. diário.
Percebe-se que por isso é difícil de implementar, mas não considero violento, pelo menos para a criança para quem os exercícios são pura brincadeira. Para nós é violento em vários aspectos, o psicológico de falhar ou preguiçar é o pior deles. Pensar que temos uma solução mas ter duvidas se temos energia para isso é duro para uma mãe. Vamos ver se é o caso.

Enquanto isto em lisboa o manel dizia a todos que a mãe o pai tinham ido com o mano ao médico porque ele tinha uma coisa na perna, é isso. Delicioso.






rosa amado

2 comentários:

  1. Acho mesmo que este método irá melhorar muito a qualidade de vida do ZM,vamos ter um super homem de físico invejável e fico muito contente.Não quero deixar de lhes prestar a minha homenagem e de lhes dizer o orgulho que tenho em que essa família seja também minha.A vossa força,corajem e determinação são um belo exemplo do amor pelo vosso filho e de um pelo outro

    Se em algum momento eu poder ajudar na repetiçao desses exercicios não hesitem em dizer

    BJs grandes a todos

    ResponderEliminar
  2. Olá! Esta vossa jornada fez-me lembrar situações de outra família de um blog delicioso, como vídeo do post no link: http://www.kellehampton.com/2013/08/down-syndrome-where-we-are-now.html
    Força, vai compensar todo o esforço,´
    :)

    ResponderEliminar