Tsunami de informação

Há decisões difíceis na vida e esta está a ser uma delas.
A decisão e tipo escola pública ou privada sendo que o que está em causa é o tempo que temos para os ajudar, o dinheiro e a qualidade de ensino. Mas nem sem ter nada a ver. E agora escolhe: público depende em tudo de ti e do que tens capacidade de ensinar depois, privado depende em muito do investimento financeiro e não tens a certeza se o empenho dos professores será igual ao teu porque não são filhos deles, mas ao mesmo tempo não és professor e precisas do tempo para fazer dinheiro para tudo o resto. Mal comparado é isto.

Sobre este método o que me está a chatear são duas coisas simples: faz todo o sentido e acho mesmo que resultaria mesmo mas é exigente como tudo de implementar. Querida consciência, queres dormir descansada e achar que fizeste o que devias como mãe ou manter a vida como a conheces?

Tenho dormido mal por isso. Porque a minha consciência não sabe, nem ela nem eu.
No próximo fim de semana vamos à holanda e se há certeza que tenho é que este não é o unico caminho e que só com uma alternativa não sei o que pensar quando aumentar as eacolhas a coisa vai ficar ainda mais divertida.

Vou explicar-vos o método em detalhe mas primeiro preciso de digerir eu a informação. Parece que levámos pancada da dura, mas não,  levámos só com um método de 6 meses para implementar e todos o racional da coisa, em dois dias e com os nabos da selecção pelo meio.

rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário