To sleep or not to sleep

Estou prestes a deitar o ze maria pela janela, não fosse o ar de gatos das botas a que ninguém resiste.

Voltar de ferias foi bom para todos menos para ele, deve sentir que teve pouco colo o dia todo e pimba lixa-nos a hora de deitar. Nunca foi assim até hoje mas esta quase a conseguir compensar o tempo perdido.
Chega à hora de ir para a cama e fazemos como sempre, já tentamos que fosse antes, depois ou ao mesmo tempo, mas o efeito é o mesmo: agarra-se às grades e é um choro insuportável. Raios, apetece esgana-lo!!

Já experimentamos ir acalma-lo, por o manel a cantar e deixa-lo chorar.  O efeito e o mesmo, não se cala e quase nos leva à loucura.
Ontem gravei uma historia e pus em modo repeat para o acalmar, resultou moderadamente.  Isso ou o cansaço, não sei qual deles levou a melhor.

Se por loucura cedemos senta-se na sala com o ar mais glorioso de sempre, o rei do pedaço. Depois de um bocado volta e já vai bem, parece que queria só mais um bocado de nós. É isso ou mimo. Na verdade não há muitas dúvidas a e mimo e pronto.

Resta saber como acabar com ele sem que ele acabe connosco que isto de bebés a chorar é duro, principalmente quando é o nosso.

Tou a aceitar receitas milagrosas que não passem por tacos de basebol ou dogras.. anyone?!
Quero o meu santo de volta!

rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário