Os bichos lá de casa

Os dois mais velhos que não eu são floresde estufa. Apanham todas e ficam virados do avesso.
Os mais novos nem se dá bem por elas, só depois realizamos que realmente trocámos mais duas fraldas. Ao manel em isso. Temos sorte. Provavelmente são eles a origem delas, sacaninhas devem trazer bicho da escola. Não reclamam e ninguém dá por isso.

Não tenho jeito para tratar dos bichos mais velhos, acho sempre que estão a exagerar. Saio a minha mae que só nos levava ao médico com um pé para a cova.

Das últimas que o João ficou doente o zé tinha 10 dias. Expulsei-o da cama para não passar nada ao zé. A meio da noite ainda o ouvi expulsar mal dentro dele e pedi-lhe para tentar fazer menos barulho (sensibilidade incrível da minha parte). De manhã quando já só se arrastava pediu-me que o levasse ao hospital. Disse que sim claro, mas antes vamos deixar o manel a escola e toca a por uma mascara que não quero mais doentes por aqui.

Lá ficou a ganir enquanto deixava o manel com o zé la atrás.  Depois deixei-o no hospital e disse que voltava não tarda para o vir buscar. Ligou mais cedo e ja estava toda empinada quando me disse que estava com uma apendicite aguda e tinha de ser operado. Uppssssss afinal era sério!

Lá ficou 15 dias internado porque a cena complicou. Peritonite e 10 dias sem comer veio um caco, mas muito melhor do que entrou. Passei lá os dias com o zé e pedi desculpas de 5 em 5 minutos.

Hoje estão os dois gastrolixados. Um e outro, genes marados os deles, nós os outros estamos fixes.

A verdade é que não aprendi. Continuo sempre a achar que é mariquice, ainda mais porque já nao tem apendices para estragar.

Desculpem bichos grandes. O mais que posso dizer é que se vinguem em mim... eu mereço.

rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário