facto trissómico IV

Pessoas com trissomia 21 têm um cromossoma a mais em todas as células do corpo, especificamente no cromossoma 21.
Esse erro acontece numa das primeiras divisões celulares logo depois de juntarmos o espermatozóide e óvulo, pode acontecer nas seguintes e nesse caso algumas das células do corpo que se dividiram antes do erro têm o número certo de cromossomas (60%, 70%, 80%, 90% ou mais com um cromossoma a mais e o resto normal).

Não há uma razão para acontecer, acontece tal como acontecem outros erros de divisão de células na formação dos embriões e ao longo da vida. Para corrigir o problema na origem tínhamos de conseguir retirar esse cromossoma a mais
ou menos 10 triliões de células que temos no corpo. Tarefa simples portanto.

Cada vez que uma célula se divide as células do zé replicam esse cromossoma a mais. Não se sabe bem o impacto de ter um cromossoma a mais sendo que ainda não se sabe o impacto de cada cromossoma ao certo, temos uma ideia de alguns efeitos de cada um mas é ainda um mundo por explorar.

Sendo que não estamos a pensar em retirar o cromossoma extra das 10 triliões de células aprendemos a gostar dele e aproveitar todo o potencial desse e dos outros 48 cromossomas que ele tem como todos os outros. 1 cromossoma em 49 são só 2%, desde quando é que 2% ganham?

[lá estão os 3 no 21]

rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário