o teu crisma

num dos primeiros domingos dissemos-te que íamos à missa mas que não precisavas nem de vir nem de acreditar, saíamos e voltaríamos uma hora depois. disseste que querias vir, não acreditavas nem deixavas de acreditar mas porque gostavas da nossa companhia ou porque querias saber mais foste. foste e continuaste a ir e ganhaste-lhe o gosto porque na primeira hora não tiveste medo de arriscar. 

em setembro a organizar o ano sugeri que fizesses o crisma por achar um processo de auto-conhecimento espetacular e se no fim não fizesse sentido tinha valido pela viagem. 

corajosa como és disseste logo que sim, não tiveste medo de arriscar e de entrar a pés juntos [ou mãos] num novo mundo que não era só teu e nem sempre confortável. 

ias sem amigos nem conhecidos [só o de lá de cima], ias sem saber muito bem o que era nem o que te iam pedir mas levavas uma vontade maior que todos. essa energia que te é característica, essa força que te faz vencer.

voltaste para casa na primeira noite desanimada porque afinal a entrada não era garantida e agora que querias tinhas medo de ficar pelo caminho. dissemos-te que escrevesses com o coração o que te pediam e não ia falhar, na verdade não era preciso ter dito porque só sabes escrever assim e assim foi. escreveste e deliraste quando soubeste que foste uma das escolhidas, tu e nós contigo. mas nem imaginávamos o bom que tudo isto ia ser. 

foi um processo de auto-conhecimento como esperado mas foi muito mais. ganhaste milhões de amigos, muitas grandes amizades, de objectivos, de certezas, de seguranças, de provas e como em quase tudo o que metes a mão fizeste a diferença e fez a diferença em ti. que orgulho ver-te crescer assim.


para a semana é o grande dia e vai ser espetacular, andamos em planeamentos para isso.  convidámos a família e amigos, escolhemos o sitio, preparámos a surpresa, ementa em elaboração, já temos o que vestir e quase tudo em ordem. sabendo sempre que o mais importante está e vai estar dentro de ti.

querida tania, meu amor, vou tentar não chorar no dia em que te vir crismar, tentar o que quase não consegui agora com a emoção de relembrar todas as tão boas conquistas que tu tiveste este ano. e muitas delas fizeste-as nossas também, obrigada por isso.
tudo isso e agora já só fica a faltar o tal Espirito Santo, que venha ele.

rosa amado

1 comentário:

  1. vai ser um dia cheiO !!
    parabéns aos três, pelo percurso tão bonito que juntos têm delineado e conseguido
    obrigada Têzinha! pela pessoa que és, por tudo o que nos tens dado e trazido sem nunca te aproveitares do facto de seres a nossa única neta !
    um bjo muito grande, vai ser O grande dia, com a confirmação da presença de Deus na tua vida

    ResponderEliminar