zé maria a gosto ou agosto

trocaste-nos as contas e de repente íamos ter um filho em agosto. inspirado no quim às tantas. na verdade não era agosto nem a gosto, era 6 de setembro, mas não quiseste esperar.
ainda em brincadeira dizia-se que giro giro era nasceres dia 21, no dia do teu bizavô com o mesmo nome e as outras coisas que tais. sempre achei impossível, nem sei bem porquê mas quando é tudo tão programado acho mais provável sair ao lado. neste caso foi na mouche. 

viemos de santa cruz, consulta das 38 semanas e directa para o hospital porque ias sair. placenta estava a ficar velha e estavas mesmo à beirinha por isso vai de toque que ele sai, e ele saiu mesmo. meu buda mais querido. entrámos no dia 20 à noite, fui para lá convicta que não chegaríamos a 21. mas aterramos e alguém não quis que fosse nesse dia, muita gente e poucas mãos, e foi no a seguir, noite em vão na sala de partos para depois no dia seguirem te entregarem em braços.

nunca quis ter um filho em agosto e verdade verdadinha queria muito ter-te comigo mas devíamos todos ter aguentado mais uns dias (se desse e se a placenta não estivesse a bater a bota).

logo tu que adoras ser o rei da cocada tinhas de calhar a fazer anos no mês em que está tudo pelos caminhos de portugal. temos primos, mais e melhor que muitos. mas queria para ti festas só espetaculares, cheias de isto e daquilo e de tudo o que todos gostam, para fazerem fila. [quero para todos na verdade mas mais para ti disto] todos iam querer entrar e dançar um slow quando chegarmos aos 18. e vão.

mas raios, que raio de ideia a nossa fazer-te para agosto. e quando chateado perguntares que ideia foi essa, digo-te já que não foi ideia nenhuma, só que não sabemos bem  fazer contas, ou sabemos bem demais. das contas que não fizemos, saíste exactamente como devias. no tal dia 21 de agosto como o teu bizavô com o mesmo nome e o 21º neto.

desde então temos feito o melhor do verão num dia: praia, bolas, caipirinhas e família e amigos. este ano é mais do mesmo e já fazes 3 anos. o meu bebezão de 3 dedos no ar com essas velas todas para apagar.

100 bolas a caminho e começam os preparativos. 3 dias para os teus 3 anos.



rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário