Sobre ser pai de alguém por quem se dá a vida sem se lhe ter dado vida. Escrito para os Amigos prá vida

Esta é a história de uma família onde chegou uma filha já adolescente. As palavras são do pai João, que nestes dias em que se celebra o amor entre pais e filhos nos conta como aconteceu este encontro.

"Os irmão praticamente nasceram com ela. Não sabem o que é ter uma vida sem a Tanica. E nós pais também já não (...) Cada filho que tenho faz-me ser uma melhor pessoa e querer ser melhor pai"

Aqui fica o testemunho do amor que juntou os pais João e Rosa à filha Tânia, Tanica, como é carinhosamente chamada.

E porque o dia do pai é quando se quiser... Feliz dia do Pai :)

"Quando namorávamos, a Rosinha e eu sempre concordávamos que queríamos ter mais de 3 filhos.
Sempre gostámos da ideia de que um dos filhos fosse adotado, porque pelos países onde passámos havia sempre crianças que não tinham oportunidade de ter uma família normal.
Eu conheci a Tânia pela primeira vez em 2007, uns meses depois de começar a namorar com a Rosinha.
A Rosinha fez-me entender a importância que o voluntariado tinha na vida dela e que acompanhava miúdos de instituições, para que acreditassem que as pessoas pudessem ficar na vida delas a longo prazo, seja como amigos ou mesmo mentores.
Marcou-me imenso conhecer a Tânia porque tinha uma genica encantadora apesar de ter um feitiozinho difícil. E quando vi o bem que a Rosa fazia e a felicidade que ela trazia aos miúdos, deu-me vontade de ser como ela e sugeri mesmo na altura, após uns meses de namoro, que devíamos adota-la e que ela também tinha direito a uma família.
Isto foi em 2007. Mal sabia eu o que viria a acontecer mais tarde.

A mesma família para sempre

O que fala sempre mais alto é saber que podemos melhorar a vida de alguém. Obviamente que há sempre um lado egoísta que nos faz sentir melhor. Mas o raciocínio era sempre o mesmo: Porque é que as pessoas não têm direito, com a idade que seja, a ter uma família que esteja lá para quando seja preciso?
Sinceramente nem pensámos muito nos receios. Só depois, quando percebemos que de facto íamos ter uma aventura desconhecida pela frente, mas sempre com uma ansiedade feliz, como com qualquer outro filho.
Nesse aspecto, fizemos questão de que desde o primeiro minuto fossemos a mesma família e para sempre.

4 filhos e um sono mais leve

A Tanica e os irmãos é uma felicidade constante e gigante. Para ela ter irmãos mais novos que pode ajudar a moldar foi um desafio que abraçou e encarou com responsabilidade desde o primeiro dia.
Os irmãos praticamente nasceram com ela. Não sabem o que é ter uma vida sem a Tanica. E nós pais também já não.
Admito que, como pai, fez-me confusão ter uma filha que já era adolescente. Mas tive a maior sorte do mundo porque a Tânia é das pessoas mais responsáveis que conheço. Só perde o norte quando se trata de ajudar pessoas e nisso sai à Rosa.
Eu sou mais o chato lá em casa, a perguntar para onde vai, com quem vai, etc. Mas foi giro num dia só ir buscar miúdos a creche e no outro passar a ir buscar a Tanica a uma festa à noite. Passei a ter um sono mais leve, digamos assim...

Lições de vida

A Tanica deu-me o que qualquer outro filho dá a um pai: Um acrescento gigante à minha vida, com uma visão diferente e melhor.
Basicamente, cada filho que tenho faz-me ser uma melhor pessoa e querer ser melhor pai. Se calhar ainda temos que ter mais um ou dois para chegar ao ponto certo.
Mas não tenho dúvida que todos nós somos mais felizes e melhores por ter a Tanica na nossa família para sempre.

Uma mensagem

Existem sempre barreiras, opiniões ou constrangimentos que fazem as pessoas duvidar ou hesitar.
Eu digo sempre às pessoas que só com informação e testemunho é que se consegue perceber o que se pode fazer e o que se quer fazer, e que há pessoas e instituições que nos ajudam a misturar as duas coisas.
O projeto "Amigos p'ra vida" é uma iniciativa que permite fazer exatamente isso.
Há que ter bom senso mas também abrir o coração. E aí cada um terá as suas regras e as suas maneiras de viver a vida.
Obrigado."

Obrigado a ti, pai João, por este testemunho único de uma família tão especial e com uma história tão bonita.

Entrevista dada pelo João para os Amigos pra vida
Também os podem seguir na página do Facebook deste projecto espetacular - Amigos pra vida: https://www.facebook.com/amigospravida/

rosa amado

1 comentário:

  1. Orgulho desmedido, infinito neste meu irmão, nesta minha família!

    ResponderEliminar