Um pico para ti um camião tir para mim

Um piquinho de febre para ti um camião tir para mim.
Veio devagarinho dores de garganta, depois no corpo e quando dei por mim sentia-me pior que a meredith depois da sova que levou.

Eu doente. Aquela que não apanha nada de ninguém, tão ruinzinha que nenhum bicho lhe pega. A que normalmente fica impec a tratar da malta toda péssima . Desta o bicho pegou. Apanhou um pico baixo de defesas ou alto de cansaço e não pensou duas vezes.

Depois de uma noite em claro arrastei-me para o médico e a minha cara devia ser tão boa que ela também achou que eu tinha alguma coisa grave. Análises, rx e saí de lá com uma amigadalite viral. Nome meio banal para a destruição que estava a fazer. A médica explicou que tinha de dormir dormir dormir e passava. Eu expliquei-lhe que tinha 4 filhos, três deles bebés e uma crescida com dois amigos americanos a dormir cá em casa. Não me podia dar ao luxo de ficar doente.

É nesse momento que joka saca da sua capa de superpoderes e toma conta da situação. Trata de todos e de mim com tudo o que é preciso. A minha mãe aparece com jantar e tudo se resolve sem eu sair da cama.

24horas depois já sem febre. A caminho de nova e com a certeza de que afinal me posso dar ao luxo de ficar doente. Dispenso bem mas se bater a bota eles orientam-se e isso deixa-me tranquila.

Obrigada joka, yourock.

rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário