A primeira noite é sempre de ajuste

[não fazemos estas coisas para escrever posts nem para partilhar. Já fazia antes de sequer haver facebook e desde essa altura que me enche o coração. Se pudesse fazia isto da vida, se pudesse. Muitas vezes há mais gente a precisar do que pessoas para acolher e por isso partilhamos. Assim se chegar a nem que seja só mais uma criança, valeu a pena. Obrigada por todas as mensagens queridas]

  
A primeira noite é sempre um desastre.

Ele chora porque quer a mãe e tu tens vontade de chorar com ele por não lha poderes dar. Mas agarras e tranquilizas das maneira que melhor sabes e ele vai acalmando. Passeamos de um lado para o outro embalados até que ele cai na cama, e tu cais descansada.

Pode acontecer que acorde a meio da noite desorientado e repetes a receita, com ainda mais vontade que resulte. Se a receita ainda não tiver no ponto ajustas. Foi o que fizemos e acabamos os 3 a dormir na cama do zé. Ele precisava de companhia para se sentir seguro e nós os outros precisávamos de dormir. Dormimos todos e dormimos bem.


Acordou contente e procurou pela mãe. Dissemos que já vinha, e já vem a caminho.



rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário