Celulite mental ou só um tempo para parar e ouvir

Fui no fim de semana à praia e, além de aproveitar, relembrei os quilos de celulite que tenho. A Tanica tirou um monte de fotos giras nossas e tudo o que eu via eram bolas em mim. Tipo aquela cena de plástico para rebentar, só que não rebenta.
Na fúria do recado liguei à Camila que faz massagens na rua de trás do trabalho. Comecei a ir lá porque fazia massagens a 7,5 euros e em alturas de muito stress fazia uma massagem de vez em quando. Se fosse rica seria o meu luxo diário, não sou.

Então segunda mandei mensagem à Camila a pedir ajuda urgente, mais que urgente. Ela, um poço de tranquilidade recebeu-me e acudiu à massagem de drenagem linfatica que eu pedia com a vida. Paciência de Santa aturou-me e ainda me deixou dormir e babar-me naquela hora.

Aquela hora só para mim (com ela vá) era tudo o que eu precisava para a alma, talvez também ajude a celulite no caminho. No fim falamos com calma e decidi que (com a bolha de ar da casa) ia investir no Pack dela anti-celulite-mental. Mental porque não sei se resulta nas pernas mas precisava de parar e respirar e ao pé da calma dela pareceu-me o lugar perfeito. A Suíça no meio do caos da minha vida agora.

Assim foi e hoje lá voltei (foi rápido i know). Parece tar a fazer resultado: já só dormi 15 minutos e de resto foi saber da vida dela. A tranquilidade como me conta que quase não vê o marido que é camionista e as horas é turnos e saudades.  Que ele gostava de dormir em casa e que os dois gostavam de ter filhos mas tem sido difícil. Que as borbulhas na cara são disso mas que vão passar. E está tudo bem. É isso camilinha vai ficar tudo bem. A vida é complicada mas feliz e tranquila e só por isso fico com menos celulite que não interessa para nada.


 [Única foto sem celulite à vista]

rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário