fase I: fazer a trouxa e pintar de fresco

E perguntam vocês, seres razoáveis que nos acompanham, que raio de ideia é essa de sair de casa? Pois é, cenas maradas.

Vivemos bem, muito bem e cheios de luxos, mas a contar tostões ao fim do mês. Reforço: temos tudo o que precisamos. Ainda assim sabe bem sonhar e querer ir mais longe e por isso o ano passado começamos a pensar em fontes alternativas de rendimento. Pusemos a casa a alugar e correu muita bem. Este ano na sequência disso recebemos  um pedido para 3 meses. A primeira reacção é que é uma loucura, a segunda é ligar ao joka a confirmar se estamos ao nível de manicómio ou ainda não. Achamos que ainda não, mas pisa o risco. 

A verdade é que com este extra podemos dar um impulso a festas, comprar um computador bom para a Tanica e até viajarmos todos para algum lado. E pintar a casa e mudar as cadeiras do jardim e mais não sei quantas coisas chatas que são precisas manter.

Saber que dá um trabalhão mas nos faz bem desenraizarmos-nos, mudar rotinas e realinhar. vai sair do couro, do nosso e do meu querido sogro que nos vai aturar. vamos conhecer a ic19 como nunca mas adormecer a olhar para o castelo. 

gosto de pensar que para termos tudo bastamos-nos uns aos outros por isso toca a fazer malas e vamos. não será só um mar de rosas mas sigam desse lado que nós deste vamos partilhando esta coisa da vida de artistas de circo.

Obrigada a quem desse lado nos segue e perguntou se podia ficar lá em casa 3 meses. Estão a realizar-nos sonhos.




rosa amado

1 comentário:

  1. Cada história e pensamentos que leio fico com certeza de que vocês são pessoas e uma família que faz a diferença...que genica e coragem que sinto em cada frase ...é eu a pensar que trouxe um gato cá para casa no dia da criança....é já penso no que me meti....afinal estou no céu....
    Um bjs bem haja família

    ResponderEliminar