é uma cena de há 7 anos atrás

Conheci o João e contei-lhe da Tânia e dos outros.

Vivíamos em Bruxelas e da primeira vez que viemos a lisboa, fui buscar os miúdos e conheceram-se. Foi um fim-de-semana de matar saudades.

De todas as seguintes vezes que viemos estivemos juntos.

A certa altura o João até me disse que a devíamos adoptar. Amei a ideia mas a verdade é que não era a altura certa da vida, sem trabalho e de malas aviadas para um ano de voluntariado em moçambique.

Quando voltamos, de casamento marcado, a Tânia estava supostamente orientada. Foi ao nosso casamento, com a Fátinha, o Hugo não foi porque estava de castigo.

Às vezes perguntam se foi uma decisão difícil mas o que sentimos é que ela esteve sempre por perto.

Devia ter vindo antes e ter passado por menos mas agora já não foges miúda.

[mas nós as duas somos ainda mais antigas que isso]


rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário