Observações de um dia significante

As luzes da rua,
Por onde passo todos os dias,
Nunca dei valor,
O meu riso inconsciente,
Nunca o senti.

Faz-me confusão,
A ignorância da nossa existência,
Porque há uma razão,

Hoje e em diante,
Irei olhar para o sol alto
Tomar conta da noite fria,
E pensar mais em ti.

Tânia Amado

Sem comentários:

Enviar um comentário