factos trissómicos VI

Trissomia 21, síndroma de down ou mongolismo?

Sim, é tudo o mesmo, pelo menos na teoria.

Eu cá prefiro trissomia 21 simplesmente porque é exactamente do que se trata, uma cena a três no cromossoma 21. Depois porque é um nome técnico e não deixa margem para grandes dúvidas. Soa bem e t21 é quase sexy.


Síndroma de down é o mais utilizado mas não adoro. A palavra síndroma tem sempre uma conotação negativa de alguma coisa que junta uma data de características esquisitas. Às tantas é mesmo isso mas eu simplesmente não gosto de pôr tudo num pacote, pacote esse que ás vezes exagera para o mau. Listam-se infindáveis características que podem ou não encaixar neste perfil, umas como maior probabilidade quase todos têm e outras minhentas que no limite só uma pessoa no mundo tem. Embirração minha provavelmente mas não gosto.
Depois tem a coisa do Down que não é mais do que o apelido do sr que descobriu o padrão e a doença. O coitado não tem culpa do apelido mas neste caso até um Silva lhe assentava melhor, é que down é baixo astral (pelo menos literalmente). Lá está deve ser embirração.


Depois temos o mongolismo que é sem dúvida mais agressiva. Não me chateia nada quando não é dito no mau sentido, numa de insulto. As pessoas mais velhas usam com a melhor das boas vontades porque é o que conhecem.
É desagradável para as pessoas da mongólia que não têm nada a ver com o tema e levam por tabela, mas claramente têm cenas em comum nesse cromossoma 21. Há parecenças sem dúvida, um dia levamos lá o zé e corremos o risco de achar que foi separado a nascença de algum daqueles srs e sras.


Mongo e monga também não me chateia, ouve-se entre amigos e diz-se sem maldade, porquê começar a ver maldade agora? É verdade que no mundo perfeito o ideal era não associar a palavra a estupidez mas há tantas coisas neste mundo que ainda estão longe de ser perfeitas que eu para já não me preocupava com essa.



rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário