Dotora mi matou do coração

Eram 6 da manhã.
Tanica liga à Lisa com uma urgência. Diz que tá na polícia do aeroporto e que precisa dela. Aconteceu qualquer coisa e precisa que a lisa se fosse identificar por ela. Ficou em pânico diz a tanica e arrancou o namorado da cama para a levar para o aeroporto.
Mal ela sabia que ele já sabia de tudo.

Dia de anos da lisa, madrugada de anos na verdade. A irmã que também estava alinhada e pediu para passar a meia noite com ela e dormir lá. Tudo alinhado menos ela que não sabia.
Ainda a dormir levanta-se, veste qualquer coisa para ir safar a Tanica.

Correm, entram no aeroporto a ver para onde a procurar e de repente nas chegadas estava a mini lisa de sorriso de orelha a orelha de mão dada à hospedeira.

Não estava para ver a emoção mas segundo quem estava "a lisa ficou sem reação não sabia se sorria se chorava se pulava".
A filha que ela tanto queria ver tinha chegado! Toda uma emoção naquele momento. A tania estava ao telefone com o Issac, o namorado, a assistir a tudo pelo telefone.
Lisa ria, chorava.

E foi isso, estão agarradas desde então. Uma emoção.

Uma alegria para nós também. Tudo planeado ao detalhe e os astros alinhados para haver um avião a chegar nesse dia. Da neve ligámos à mãe da lisa a confirmar que tinha entrado no avião. Do lado de lá ela num misto de nervosa e ansiosa dizia "já foi, já foi". Eu e tanica trocavamos planos. Irmã e namorado alinhados no crime. Todos ajudaram, todos alinharam e foi uma história que vai ficar para a história.

Ela tinha de vir e vinha. Veio cheia de estilo e a nossa lisinha teve o melhor dia de anos de sempre.

rosa amado

3 comentários:

  1. Estou a chorar, que história incrível! Parabéns a todos e obrigada!

    ResponderEliminar
  2. Que lindo...deve ter sido uma emoção maravilhosa!
    parabéns à Lisa e muitas felicidades, de agora em diante com a filhota junto dela!

    ResponderEliminar