sequência perfeita


primeiro veio o né 
tudo como manda a regra, bebé fácil. bebeu biberão à primeira, leite deste ou daquele estava sempre bem. dormia e aos 8 meses já bebia o biberão sozinho a meio da noite quando queria. 
não ficou doente com dentes nem tinha rabo assado com nada. um pequeno mogli na selva da vida estava bem com tudo.
Foi para a escola cedo mas nem por isso ficou mais doente. teve um ou duas bronquiolites como manda a regra mas nada de grave. dormia onde fosse e comia sopa fria até entrar na escola aos 9 meses.
tinha só uma cena não fazia cocó sozinho, tomou cenas e aos 2 anos deixou de precisar.
pequenino nunca passou do percentil 15%. 
andou com um ano e 1 mês e falou tarde e trapalhão.

era o bebé perfeito e depois disso todos me rogavam a peste no próximo.

veio o zé com um potencial gigante para ser tudo ao contrário, mas não
tudo como manda a regra, bebé fácil outra vez. bebeu biberão à primeira, leite deste ou daquele estava sempre bem. dormia e aos 8 meses já bebia o biberão sozinho a meio da noite quando queria, desta só lhe demos água porque vimos que o manel virou addicted do leite a noite.
não ficou doente com dentes nem tinha rabo assado com nada. um pequeno mogli na selva da vida estava bem com tudo, contra todas as prometidas probabilidades.
Foi para a escola cedo mas nem por isso ficou mais doente. teve um ou duas bronquiolites como manda a regra mas nada de grave, numa delas ficou internado para testar a resistência da mãe mas sempre num registo tranquilo. nariz sempre ranhoso mas nada que ele não conseguisse assoar na boa.
dormia onde fosse e comia sopa fria até entrar na escola aos 12 meses, antes disso ia lá todos os dias mas só lamber tapetes e brincar às terapias.
tinha só uma cena não fazia cocó sozinho, tomou cenas e aos 2 anos deixou de precisar.
era pequenino como o mano, sempre no percentil 5-15% e um cabeção de 50%. 
foi espetacular poder ver que apesar da trissomia era em tudo igual ao manel. 
fora andar e falar foi é é mais trapalhão, ainda é.

[no meio veio uma tanica já sem cenas de baby mas muito importante para nos dotar de perspectiva, paciência e mais amor]

depois veio o xavier estragar as estatísticas todas
veio estragado como digo a brincar. nem biberão nem chucha, a mãe para tudo. adormecer ao colo, papa e leite quentinhos. rabo assado com qualquer variação de nabiça.
mimado do pior. rabugento. com 8 meses já faz birras de ficar amuado a bater com as mãos no chão. 
não faz truques de macaquinho de circo como os manos e faz cara feia quando lhe pedes.
tem cara séria e estranha todas as pessoas que lhe são estranhas. não é maria vai com as outras como os outros.
faz cocó como um pombo, 5 por dia e parecia que ia contrariar os manos e ser gingantone mas afinal não, é percentil 15% como os outros e já goza.
é mais diferente dos manos é mais mana ou mãe ou qualquer outra coisa.
a mana diz que vai ser o mimado, talvez. para já tem só um feitio lixado.


tivemos uma sorte gigante na sequência, o zé com o feitio de xavi tinha trazido uma percepção completamente diferente do que seria uma trissomia. ou um xavi antes de um zé, porque seria tão diferente. a sequência foi perfeita, conseguimos ver que cada um eles são o que são porque são sem mais nada. cada um tem as suas cenas, feitios e manias. e no conjunto, ou individualmente são perfeitos.

por isso a ir, é ir sem medo que eles são o que são e não vale a pena pensar muito nisso. é aproveitar e gozar ao máximo.



rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário