meu querido mês de março e um desafio

Mês de março, meu querido mês de março, é também o mês de sensibilização para a trissomia 21.
Desde dia 1 que sinto o peso e a responsabilidade de vos dizer alguma coisa cheia de sentido sobre o tema mas a verdade é que não me surge nada. Não tenho nenhuma emoção especial sobre isto, nem nenhuma preocupação adicional (além das de igualdade que já descarreguei várias vezes). A nossa família é trissómica e não mudava nada nisso. Na verdade não sei bem como fizemos um filho com um cromossoma a mais mas fizemos e não foi por engano, foi como foi.

Assim sendo, e porque continua a ser muito importante desmistificar esta cena dos cromossomas a mais e velocidade de pensamento a menos, vinha sugerir fazermos uma coisa diferente: vocês faziam as perguntas todas que vos passasse pela cabeça e nós respondíamos com toda a honestidade. E esta hein?

As perguntas são anónimas, e não diremos a ninguém quem as fez para poderem vir sem medo. As respostas partilhamos para todos, há quem não tenha coragem de perguntar mas quer saber, até aposto.
perguntem por email ou mensagem privada no facebook


Bora nessa?


rosa amado

3 comentários:

  1. Acho que está na altura de te agradecer. Quando engravidei houve suspeita de ter um filho com trissomia. Acabou por não vir com o tal cromossoma a mais. Mas lembro me que li e revi o teu blog para perceber como tudo funcionava. Fiquei fã do Zé magia e de toda a família. Obrigada pelas partilhas. Ajudaste me numa fase em que tanto precisava. Não fazes ideia quem eu sou e eu também não te conheço e isso é que dá piada a coisa. Beijinhos e mais uma vez obrigada, Mafalda correia machado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que bom saber isso Mafalda. Saber que quando fui eu à procura de tanta coisa na internet e hoje conseguimos ajudar quem está nessa fase. Espero que te tenha dado alguma tranquilidade o que viste por aqui porque é mesmo tranquilo. primeiro estranha-se depois entranha-se.
      obrigada pela mensagem querida.

      Eliminar
  2. Olá
    Não nos conhecemos pessoalmente, mas pode ser que algum dia nos cruzemos na praia de Santa Cruz :)
    às vezes espreito o vosso blog, embora já tenha passado a fase mais caótica dos filhos pequenos, agora tenho o desafio de dois adolescentes ;)
    Partilho um projecto muito simpático aqui na Holanda, na cidade onde vivemos:
    http://upsidecafe.nl/
    e um hotel /restaurante onde ficámos em Bona, na Alemanha
    http://muellestumpe.de/haus-muellestumpe/restaurant
    Promovem a inclusão e têm super bom ambiente, mesmo agradável
    Felicidades e um beijinho
    Joana

    ResponderEliminar