A descontração das contracções

3 meses a levar com elas. Todos os dias pelo menos 3. Umas com pouca dor outras com muita, mas estavam sempre comigo.

Foi uma das razões para deixar de trabalhar, que não queria. Nessa altura tomava o dobro do magnésio na esperança que passassem mas nem por isso resultava.

Nas últimas semanas aceleraram e em 3 noites tiveram comigo de 5 em 5 minutos por mais de 40.

Depois chegou o dia em que estavam de 4 em 4 e o médico me mandou ir para o hospital.  Lá fui. Uma hora depois estavam de menos de minuto a minuto. [Lá vem ele pensei eu toda lambona.] 3 horas disso com dores como gente grande, um benuron no bucho e aguenta-te que se fosse fácil era cena de homem, diz o enfermeiro.

Não sei quem se fartou, se foi o útero se fui eu. Pararam e não parecem querer voltar. Eu também não sei se as quero de volta, tou contigo útero: ou rebenta a bolha ou que não nos venham chatear que está visto que só com elas não vamos a lado nenhum.

rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário